Como lançar um curso online?

Como lançar um curso online?

lançar um curso online é a cereja de um projeto de info produto. Esqueçamos as mantras psicodélicas  do tipo “fazer 6 em 7”, “ficar rico sem trabalhar” e “trago a pessoa amada em 3 dias”. Vamos deixar a ciência se sobressair. Recomendo ouvir pessoas reconhecidas mundialmente, como Michel Porter. Porter, engenheiro com doutorado em Harvard, é conhecido com o mestre do empreendedorismo. Lançou o best seller “A vantagem competitiva das nações” que é referência de conduta na guerra comercial entre grandes empresas. Resumidamente, a obra defende que é preciso se enxergar através da concorrência.

“Olhe para o concorrente para se enxergar melhor”

Eis o que você verá no artigo “Como lançar um curso online“:

  1. Passo 01: examinar a concorrência;
  2. Passo 02: precificação;
  3. Passo 03: certificado;
  4. Passo 04: marketing;
  5. Passo 05: a Plataforma EAD;
  6. Passo 06: transparência e Contratos;
  7. Passo 07: estratégias;
  8. Passo 08: escolhendo a Data para vender seu curso on Line;

 

lançar um curso online – passo 01 – examinar a Concorrência

como lançar curso online

O primeiro passo para lançar um curso online, então, é examinar cursos/produtos parecidos com o seu dentre os concorrentes. Como seria a análise da concorrência? Procure estudar alguns pontos:

  • Que objetos educacionais têm o curso/produto de seu concorrente?

Repare que cursos com vídeos costumam ser mais valorizados, embora uma boa animação seja sempre bem-vinda. Cursos online muito densos precisam de material didático complementar como apostilas ou conteúdo SCORM (animações com padrão internacional).Plataforma LMS

  • Quem é o Autor do curso online de seu concorrente?

É o momento de examinar o impacto da marca sobre o produto. Mensure o impacto do nome de seu concorrente no mercado, porém não deixe que isto te assuste. Uma marca muito pesada normalmente precisa de altos custos para se manter.

  • Quantos professores compõem a banca do curso de seu concorrente?

Talvez seja o momento de se perguntar: por que preciso saber quantas pessoas ministram o curso de seu concorrente? Simples. O custo do curso está diretamente ligado ao número de participantes. Quanto mais gente… maior será a divisão do bolo… Whindersson Nunes é um ótimo exemplo desta dica. Em 2017 lançou um curso com várias personalidades de renome. Sem dúvida uma ideia inovadora.

Talvez inovadora demais.

  • Qual o orçamento de seu concorrente para produção do curso?

Há um tempo atrás, resolvi analisar quais eram os principais vídeos de mais sucesso no Youtube. Calculei o valor de produção do vídeo pelo número de atores, número de câmeras, direção e a história que estava sendo contada. No finalzinho do vídeo, nos créditos finais, apareceu de forma pouco discreta a produtora envolvida.

O sucesso não aparece por acaso: ou muito dinheiro ou um talento extraordinário (ou ambos).

  • Quais as estratégias de marketing de seu concorrente?

A internet não é um local para perdão. Conhecer as redes sociais usadas pelo seu concorrente pode ser um norte. Entenda que você só pode usar a rede que melhor tem conhecimento. Dependendo de seu tamanho precisará de equipe. Outra vez Whindersson Nunes é exemplo. Apesar de focar suas vendas no Youtube e Facebook, sua equipe precisou se desdobrar para responder reclamações (muitas vezes completamente sem noção) de seus alunos em diversos segmentos da Web.

Curiosamente, Whindersson Nunes conseguiu o que queria quando lançou seu curso. Falar mal dele deu certo ibope.

lançar um curso online – passo 02 – precificação

Como precificar seu curso online

O sucesso de seu negócio passa pelo preço de seu produto. Preço muito baixo pode transparecer a ideia de “produto sem valor”. A contrário senso, preço alto pode afastar o comprador com baixo poder aquisitivo!

Ainda em 2015, lancei um produto novo e resolvi colocá-lo como brinde de outro já existente. Resultado? Fracasso retumbante. Pareceu esmola demais e o mercado entendeu como “provável porcaria”. Mudei a estratégia e o tal “brinde” passou a custar R$ 3.000,00 ( três mil reais ). Misteriosamente as vendas começaram e o público atingido foi o de maior poder aquisitivo.

marketing para curso onlineA magia do preço obedece a matemática do custo, qualidade e marketing.

Aumentar o número de professores em seu curso pode, igualmente, aumentar o custo de produção. Cursos online com tutoria costumam ser mais caros. Observe que cursos ao vivo tendem a ser preços mais elevados que os gravados. Isto porque exige que o professor esteja “síncrono” com o aluno. Em outras palavras, exige que professor e aluno estejam sincronizados em determinado momento no decorrer do curso online.

Com intuito de haver incremento de qualidade no curso, considere investir na produção. Com o foco em melhorar a qualidade de cursos em vídeo, considere prover trocas de cenários no decorrer do curso. Uma dica excelente é o Chroma key. Com o Chroma key seu professor poderá estar na França ou no topo de uma montanha em questão de segundos. Não nos enganemos. Cursos em vídeo precisam de um mínimo de edição.  Truques de edição como cortes secos, aproximação e distanciamento do professor e a câmera, imagens de apoio que aparecem e somem durante a fala do professor são muito úteis. Há uns oito anos atrás (por volta do ano de 2012), quando precisei gravar video-tutoriais, tive a audácia de não conhecer o básico de edição. Toda vez que eu errava o texto precisava recomeçar toda a aula in-tei-ri-nha. Considere vídeos curtos. É a garantia de que seu aluno não ficará demasiado cansado e mais propenso a assistir todo seu conteúdo até o final.

lançar um curso online – passo 03 – certificado

certificado para curso online

Foi em 2008 que comecei minha jornada pelo Ensino a Distância. A missão foi construir um sistema de ensino a distância que atendesse várias universidades e instituições de ensino simultaneamente. Uma destas universidades foi a UGV ( Universidade Gama Filho ). Nesta época, esta finada universidade tinha um curso de pós graduação online vinculado a um curso presencial/preparatório para a OAB. Para os alunos que realizassem o curso preparatório para OAB presencial e porventura não fossem aprovados no Exame da Ordem, a UGF oferecia módulos especiais online que, se concluídos, faziam jus a uma pós graduação. Ideia brilhante.

A verdade é que a plataforma EAD (Plataforma de Ensino a Distância) que desenvolvi controlava todos os acessos dos alunos. Não foi difícil perceber que muitos mal acessavam o sistema EAD. Faltando dias para o término do prazo de conclusão das tarefas online o aluno demonstrava algum interesse. O grande objetivo do aluno era o certificado. O diploma de pós graduação.

Tratava-se de blend learning. Uma mescla de curso presencial com online, onde o objetivo maior era o certificado. Que ninguém se escandalize. Vários clientes usam Plataformas EAD tão somente para vender certificados. O curso online é apenas um adereço.

Recente, ainda em 2020, analisei um curso online de compliance ministrado por uma importante multinacional. Compliance é um protocolo de conduta e lisura a ser implantado dentro de empresas. Trata-se de uma Lei de texto até pequeno, porém com sérias implicações quando o assunto é corrupção com órgãos públicos. Gerentes e gestores podem até ser presos dependendo do ilícito. Pois, para surpresa minha, o gestor da empresa em tela deu todas as respostas das provas do curso de Compliance para seus funcionários. Completou: “temos muito trabalho e não temos tempo para este curso”. A verdade é que o que se buscava naquele momento era apenas um certificado.

Abandonemos a inocência. Já recebi pedidos para configurar a plataforma EAD para que esta permitisse que a data de início e fim do curso pudessem ser alterados pelo administrador, dando assim maior credibilidade ao certificado.

Enfim…

lançar um curso online – passo 04 – marketing

marketing para cursos online

O marketing é o ponto alto de seu negócio online. Inúmeras são as estratégias para alcançar o maior número de pessoas na grande rede. Sem dúvida que o ponto forte de cursos online é a logística. Visto que entregar o produto é fácil, o desafio do marketing é delimitar o público alvo e fazê-lo chegar até o produto dentro das suas possibilidades.

O que eu quis dizer com suas possibilidades?portal para cursos online

Há vários anos atrás fiz vários cursos de marketing digital. Lembro muito bem quando o professor (que não citarei o nome) comentou: “usem as redes sociais que vocês conhecem e só depois avancem para as outras”. Na época o referido mestre tinha um grande canal no Youtube porém nem perfil no instagram havia. Qual foi minha surpresa quando vi a primeira postagem dele no Instagram seguido de um mail marketing: “Lançamento do meu novo curso de como vender no Instagram“.

Como ele iria ensinar sem conhecimento de causa?

Pois seu marketing precisa ser sólido, baseado no grande conhecimento do seu produto e nas ferramentas disponíveis que você conhece. Falaremos sobre isso na parte de estratégias!

Talvez você se pergunte: devo contratar uma agência de marketing?

A resposta dependerá de suas finanças, mas mesmo que seja “sim” a sua resposta, você sempre precisará estar muito atento. Considere que “estar atento” significa resultados, acompanhar tudo e ser o grande protagonista de sua história.

Em 2011, trabalhei para uma grande empresa que decidiu avançar para a área de cursos preparatórios para concursos da Petrobras. Era uma época de ouro para o Brasil, muitos empregos e avanços. A ideia parecia excelente até que uma empresa de marketing foi contratada. Tive a oportunidade de estar presencialmente na reunião a qual a tal agência apresentou seu plano de exposição do produto. Todos os presentes eram homens, exceto por uma mulher. A agência não estava de brincadeira. Lap tops da Apple, celulares da última geração, powerpoints cheios de convicção e uma loira que desfilava para lá e para cá.

Este filme já vimos no Brasil e já dou spoiler: a empresa quebrou. O plano de marketing era ridículo. Os meus protestos foram silenciados. Afinal, eu era apenas um engenheiro dentre vários. Os únicos que ganharam fortunas foram os membros da agência. Curiosamente, após rápida pesquisa sobre a tal agência, descobri que o trabalho de conclusão de curso da loira foi: “Plano de marketing para venda de KY”.

Enfim…

O que se conclui com isto? O grande responsável por todas as etapas de seu projeto precisa ser você. Absorva o máximo da agência, mas não se deixe ludibriar. O resultado esperado sempre precisa ser dinheiro e não outro.

lançar um curso online – passo 05 – a plataforma EAD

plataforma EAD

Plataforma EAD, também chamado de AVA (ambiente virtual de aprendizagem), atualmente, é um portal onde são inseridos seus produtos (normalmente cursos online). Desta forma, os interessados podem acessar este portal e escolher os produtos disponíveis. Após o pagamento, automaticamente são liberados para estudar.  Tais consumidores têm seu próprio ambiente, muitas vezes chamados de “área de membros”.  Neste ambiente, os alunos estudam e ser avaliados podem receber um certificado. Após certo período delimitado pelo administrador da plataforma EAD, tais alunos são desvinculados dos cursos adquiridos. O valor das vendas é repassado para o administrador tão logo uma venda é concluída.plataforma LMS com cursos inclusos

O fato é que as Plataformas EAD são as grandes responsáveis pela logística em ensino a distância. São sistemas automatizados de processos complexos que sozinhos geram lucro, integração aluno x professor e aprendizado.

Como escolher uma Plataforma EAD?

A Plataforma EAD precisa se adaptar a você e não o contrário. É fácil descobrir qual se adapta às suas necessidades!

  • Seu curso tem mais de um professor e precisa repartir o valor das vendas entre eles?

Sua plataforma EAD, neste caso, precisa ter split payment com checkout transparente. Na prática, este recurso é também chamado de “professor parceiro”.

  • Precisa de transmissão ao vivo?

Cursos ao vivo são melhores quando a própria plataforma EAD já tem este recurso incorporado. Evita que alunos que  não pagarem seus cursos ingressem na sala de transmissão a partir do link da sala ao vivo.

  • Que tal uma ajudinha na hora da venda?

Ninguém melhor que os Afiliados para vender um curso. São pessoas que se oferecem a divulgar e vender seus produtos a troco de comissão. É um meio de conseguir colaboradores sem custo fixo ou vínculos trabalhistas.

Plataforma EAD PREÇOSRecordo que todas as plataformas EAD da GlobalEAD têm estes recursos. Basta clicar aqui para examinar os planos.

lançar um curso online – passo 06 – Transparência e Contratos

Este passo é vital para seu sucesso e será preciso ser um pouquinho necromante. É a arte de prever os possíveis problemas e informar o consumidor antes que ele compre seu produto. Além do contrato (que ninguém lê), exponha para seu consumidor os pontos mais sensíveis e passíveis de discussão antes do pagamento. Deixe legível suas normas e se seu consumidor tiver o mínimo de vergonha não vai discutir que não sabia das regras antes de comprar.

Talvez o curso do Whindersson Nunes tivesse tido mais sucesso ser ele mesmo tivesse se empenhado em expor as regras antes do início das vendas. A verdade é que o valor do curso estava alto para o poder aquisitivo do seu público e arranhar a imagem do Whindersson oferecia, na época, cinco minutinhos de fama.

Enfim…

lançar um curso online – passo 07 – estratégia

Clickbait para cursos online

Resumo agora todos os cursos de marketing digital que você fizer com uma única linha. Todos têm a mesma estratégia: atrair o público, cativá-lo e só então vender. As únicas coisas que mudam no marketing digital são as estratégias para atrair o público, reter sua atenção e a venda propriamente dita.

Como atrair o público alvo para seu curso online

Inúmeras são as formas de atrair seu público alvo. Comumente dá-se o nome deste processo de “isca digital”. Em 2008 havia o conceito de e-book grátis com página de captura. Nada mais é do que criar Hot sites para oferecer informação de valor gratuitamente usando um conceito de gatilho mental. Em teoria, quem recebe o produto gratuito se sente compelido a retribuir, quem sabe comprando algum produto. “Páginas de captura” são formulários usados para reter informações como nome, email e WhatsApp do interessado. Na prática, a isca leva o interessado para esta página cuja função é capturar os dados do usuário e enviar o produto gratuito por email.

Atualmente títulos chamativos de vídeos do Youtube e imagens provocativas no Instagram fazem bem o trabalho de atrair o público até o seu interesse. Basta um pequeno patrocínio.

Como peneirar o público alvo

Considerando que o número de pessoas que se sentiram atraídas para seu produto seja muito grande, se faz necessário separar os verdadeiros interessados dos apenas curiosos. O nome deste conceito é filtro. A ideia é fornecer para o usuário conteúdos cada vez mais densos, separando aqueles que só acolheram a primeira isca dentre as demais. O usuário que consumir o conteúdo mais denso é separado em uma lista especial pois estes são os mais propensos a investir no seu produto, dado o flagrante interesse. Este processo de filtro produz listas segmentadas e permite que você produza conteúdo separado para cada segmento. Aumenta-se muito a eficiência de sua campanha de marketing quando se oferece conteúdo específico para cada grupo de interesse. Teremos um bingo quando cada vez mais pessoas sejam cadastradas e um número significativo de pessoas entra na lista de interesse real pelo seu produto.como lançar um curso online

Como cativar o público alvo

Felizmente ou infelizmente esta máquina não funciona sozinha, como alguns cursos online de marketing fazem questão de dizer. Esta máquina de interesse se alimenta das mesmas informações porém em formatos, cores e formas diferentes o tempo todo.

Por quê?

Porque o ser humano é assim. Muitas vezes a mesma coisa precisa ser dita de formas diferentes até que a pessoa possa compreender.

Porque o Google e todas as ferramentas de mídia social são assim: são devoradoras de conteúdo e só deixam transparecer as informações mais novas sempre.

Atualmente o Youtube, Instagram e o Twitter são as ferramentas mais usadas para cativar o público. Atores performam cada vez melhor assuntos para vender seus produtos ou ganhar eleições. Lembremos da máxima:

Quando não se tem um produto, o produto é você.

A frase acima explica as eleições de 2018, quando o marketing digital foi usado desde 2014 para fins eleitoreiros.

Como vender?

Uma vez que o público já foi atraído, está cativo em seu conteúdo (bom ou não) é muito mais fácil vender. Considere que “vender” pode não ser necessariamente um curso online, mas uma ideia, uma candidatura ou o fim da reputação de alguém. O marketing digital está por trás de tudo isso. Quanto mais cativo o público, maior será a facilidade na venda.

Religiões e Igrejas já sabem disso há muito tempo.

Eis que apresento agora os grandes métodos de venda no Brasil: Youtube e Instagram. Youtube é fantástico. Atrai o público com clickbaits ( títulos sensacionalistas ), fornece seu conteúdo “de valor” gratuito e nem precisa exigir nome e email de cada usuário! Basta fornecer entretenimento disfarçado de “conteúdo de valor” e pronto! Tem-se uma massa de pessoas prontas para adquirir suas ideias, te eleger ou comprar seus produtos. O Instagram é mais visual. Fotos e pequenos vídeos fazem bem o trabalho de cativar e entreter, mas o objetivo é o mesmo: vender.

lançar um curso online – passo 08 – data de lançamento

lançamento do curso online

Importantíssimo é saber quando efetivamente poderá iniciar as vendas de seu curso online! Repare que esta é a ponta do iceberg. Todas as etapas anteriores servem justamente para chegarmos a este ponto:

Quando vender?

Em 2020 se iniciou a Pandemia do Corona Vírus. Comércio e várias instituições fecharam. O setor de eventos foi o mais prejudicado assim como a indústria cinematográfica. Perceba que não houve lançamentos de filmes nos cinemas, o que ficou evidente. Imagine o prejuízo se o filme “O Coringa” tivesse sido lançado em 2020? Joaquin Phoenix não teria recebido o Oscar. O melhor filme da história da Marvel (sem efeitos especiais) não teria feito o sucesso estrondoso de bilheteria e todos nós teríamos perdido uma obra prima. O excelente filme seria ofuscado pela tragédia do vírus.

Esta é a razão pela qual o lançamento de inúmeros filmes foram adiados para 2021 (ou até datas posteriores). Haveria prejuízo certeiro.

Então, baseado nesta história, pense bem na data de lançamento de seu produto. Fuja de datas que possam estragar seus projetos, como Natal, Carnaval e eventos festivos. Isto pode ofuscar seu brilho. Caso tenha escolhido o Youtube como plataforma de marketing, tenha certeza de seu público está antenado no que tem a dizer. Perceba se estão prontos para realmente comprar algo de você! Youtube é grátis, então, o quanto estarão dispostos a investir em um produto seu?

O segredo, então, parece ser: o quanto o seu povo está disposto e pode investir em algo seu?

Alessandro Marlos é engenheiro e produtor de conteúdo da GlobalEAD, Empresa que provê plataformas de ensino a distância e conteúdos online na Web.

 

Quer conhecer nosso trabalho? Estamos a postos 🙂

sistema EAD GlobalEAD

1 comentário em “Como lançar um curso online?”

Deixe uma resposta